CasaNoCanada.com

Dicas: alugar, comprar ou vender

Aplicar para Landed Immigrant já estando no Canadá

Muitos me perguntam se é possivel aplicar para o Landed Immigrant Visa (residente permanente) já estando no Canadá trabalhando com Work Permit. Quer dizer, muitos pensam se vale a pena vir com Work Permit e depois, já vivendo e trabalhando aqui, aplicar para o Landed Immigrant. Não vou falar aqui das dificuldades para conseguir um visto de Work Permit.

Não conheço muito de imigração mas vou contar minha experiência: meu marido veio transferido pela empresa dele em 2003, com um Work Permit Visa e eu tinha o visto de acompanhante dele e de estudante. Entramos com o processo pedindo Landed Immigtrant Visa logo após nossa chegada. Levou muito mais tempo do que o normal pois o processo tramita entre o Brasil e Canadá. Tinha que ter os atestados da Policia Federal dos dois paises, fazer o “finger Prints” aqui e enviar para o Brasil. Por azar minhas finger prints se perderam mas com a ajuda de uma deputada federal de minha cidade, eles as localizaram em 2 dias (é, os políticos aqui ajudam seu eleitorado até em coisas como essas- e eu nem podia votar ainda!). Hoje este processo é mais ágil com o processo digitalizado.

Bom, depois de recebermos nossos vistos, viajamos até Niagara, na fronteira com os USA (tinhamos o visto americano é claro) e cruzamos a fronteira para Bufallo. Passeamos pelo parque das Cataratas (a vista que os americanos tem das cataratas é muito inferior a que temos no lado Canadense) e em umas 2 horas cruzamos a fronteira de novo e retornamos  ao Canada. Aí, dissemos que queríamos validar nosso visto de Landed Immigrant, mostramos os papéis e nos encaminharam para o prédio deles e em menos de 30 minutos saímos com nossos passaportes carimbados e tudo certinho. Depois de um tempo recebemos nossos PR card em casa.

Não sei se é a melhor forma de imigrar para cá, mas com todas estas novas medidas talvez fosse um jeito mas é incerto e difícil de conseguir uma proposta de emprego – o que lhe dará direito a requerer este Work Permit. Conheço o caso de um rapaz que imigrou como estudante e conseguiu que o Tim Hortons (a mais famosa cafeteria Canadense) desse a ele uma proposta de emprego e ele conseguiu o Work Permit. Quem não tem nada a perder no Brasil e está afim de arriscar a sorte, quem sabe é uma forma de colocar “o pé na porta”.

Aqui em Toronto posso recomendar um advogado Brasileiro que poderá dar dicas de como proceder.

PS: após ler os comentários da Elaine e do Gean, (conforme você pode ver abaixo) acho importante colocar este “adendo” ao meu post: eu não recomendo que alguém deva procurar um advogado para dar entrada no seu processo e não ganho nada em recomendar alguém. O que comentei é baseado no fato de que conheço pessoas que fizeram tudo por elas mesmas porque não queriam pagar os honorários de um advogado assim como conheço quem preferiu pagar um advogado porque se achava incapaz de fazer tudo sozinha. TODAS AS DUAS AMIGAS receberam seus vistos de Landed Immigrant sem problemas.

Mais um detalhe importante que os comentários deles me alertaram, cuidado com os espertinhos que se dizem conselheiros só para ganhar dinheiro às custas de pessoas desavisadas e mal informadas. A Elaine diz para se informar o máximo no site da imigração pois “knowledge is power!”. O Gean recomenda que a pessoa deve antes de tudo buscar no minimo 3 opinioes diferentes, como tambem referência dos mesmos. E, para completar, essa pessoa DEVE ser membro do Canadian Society of Immigration Consultants. Neste site voce encontra a lista: http://www.csic-scci.ca/

agosto 13, 2008 - Posted by | Imigração | , , , , ,

3 Comentários »

  1. Desculpa, vou comentar. Me interesso por esse assunto. Veja bem, sou leiga. Leiga no sentido de que nao tenho educacao formal sobre imigracao. Soh tenho eh experiencia. =)

    Depois de tantos anos nesse pais (eu imigrei como “imigrante independente”, hoje em dia tem outro nome p/ isso), depois de ter visto tanta gente ser enganada por ditos “conselheiros” de imigracao, eu recomendo, primeiro e acima de tudo, que as pessoas que residem aqui ou que pretendem imigrar, vao ateh o site da imigracao e leiam TUDO que tiver lah sobre o assunto. Nao eh bicho de sete cabecas. Esses “conselheiros” fazem parecer tudo dificil, tudo demorado. E aih jogam na cara do “fregues” que eles tem um “contato dentro da imigracao”, que vao agilizar o pedido do fregues, que isso que aquilo. Tudo mentira. Mas o fregues soh acaba descobrindo que entrou no conto do vigario depois de ter pago muitos e muitos dolares com muitos e muitos zeros do lado direito. E acabou que ou teve que sair do pais com ordem de deportacao, ou viver ilegal no pais.
    Triste viu.
    But… picture this scenario:
    Uma advogada que ouve seu caso, e que te fala na bucha se vc tem chance ou nao. Se vc tiver chance de conseguir a imigracao, ela te ajuda a preparar toda a documentacao necessaria. Aih voce jah ta comecando a pensar nos honorarios. Ela vira p/ voce e te diz assim: vc me paga $1,500 depois que vc receber sua imigracao.
    Aih vc se belisca, sonho ou realidade?
    Realidade!
    Essa foi a advogada que me ajudou, esclareceu minhas duvidas, me ajudou a preencher tudinho. Na epoca ela me cobrou $500 DEPOIS que eu voltei p/ Canada jah imigrante.
    Nem preciso dizer que a recomendo sempre neh?
    O problema eh que tem gente que quer um milagre, milagre daqueles meio excusos, sabe como? O “jeitinho” brasileiro? Pois eh. Aih jah nao ta no departamento dela.

    Tem uma “conselheira” portuguesa muito popular na comunidade brasileira/portuguesa. Nao vou citar nomes, claro. Eu nao gosto nem de ouvir falar no nome da mulher. Bom, eu conheci meu marido aqui, ele eh brasileiro. Depois que casamos, um amigo que conhece essa tal disse que tinhamos que ir consultar a mulher. Eu nao queria, mas o cara insistiu, meu marido achou que nao faria mal nenhum ir soh p/ agradar o cara. Fomos.
    Ela colocou diante de nos um quadro negro, feio, escuro, dizendo que meu marido iria ser deportado, que talvez ateh tivesse que ir preso. Depois ela me olha e diz o tal fatidico “mas eu conheco gente dentro da imigracao”, bla bla bla, alem das taxas de imigracao ela iria me cobrar $3,600 – baratinho, com desconto, afinal ela conhecia o fulano que nos recomendou. LOL
    Eu saih dali furiosa viu.
    Fui no predio aonde na epoca ficava a imigracao, peguei os formularios, preenchi eles eu mesma, paguei as taxas e enviei.Um pouco menos de 8 meses depois meu marido jah recebia os papeis de imigrante. 🙂

    Moral da estoria – knowledge is power! 🙂

    God bless!

    Comentário por Elaine | agosto 13, 2008 | Responder

  2. Rosa, como a Elaine, eu tambem sugiro antes de mais nada se a pessoa tem realmente condicoes de imigrar. Se tem, ela pode tentar tudo por conta propria. Eu so recomendo advogados/conselheiros em casos realmente complexos onde os mesmos podem auxiliar com experiencia, como por exemplo, ja com pedidos de deportacao, refugio, etc. E quando isso acontecer, a pessoa deve antes de tudo buscar no minimo 3 opinioes diferentes, como tambem referencia dos mesmos.

    E, para completar, essa pessoa DEVE ser membro do Canadian Society of Immigration Consultants. Neste site voce encontra a lista: http://www.csic-scci.ca/

    Comentário por Gean Oliveira | agosto 13, 2008 | Responder

  3. Elaine e Gean, obrigada pelo seu comentário. Vou responder à vocês dois pois me parece que vocês entenderam o meu comentário da mesma forma. Tenho a certeza de que vocês entendem mais de imigração do que eu pois minha área não é esta conforme eu disse. Neste post eu contei minha história e não estou dizendo que a pessoa deva procurar um advogado ou aquele que eu recomendar, isso fica à critério de cada um decidir o que é melhor para si. Conheço quem deu entrada no processo por ela mesma (foi no site, leu, preencheu os papéis e enviou tudo) e tenho outra amiga que preferiu usar os serviços de um advogado porque achava que não conseguiria e não desejava fazer por ela mesma. Ela procurou um advogado, profissional sério e experiente que fez tudo por ela e cobrou quando ela recebeu o visto (seria este quem eu recomendaria). Mas obrigada por me abrir os olhos ao fato de que tem muitos espertinhos por aí tirando dinheiro de pessoas mais desavisadas. Creio que farei uma edição no meu comentário me fazendo valer da experiência de vocês.
    Um abraço
    Rosa

    Comentário por rosadasilva | agosto 13, 2008 | Responder


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: